23/04/2020 às 11h29min - Atualizada em 23/04/2020 às 11h29min

Morre mulher que procurou hospital de campanha em Manaus; Ela chegou a ir para sala reanimação

Redação M2
Foto: Reprodução/YouTube
O vídeo de uma mulher, agonizando, em frente ao Hospital de Campanha Nilton Lins, em Manaus, percorreu a internet na manhã dessa quinta-feira (23/04). Nas imagens é possível ver que uma motorista por aplicativo pede ajuda para que a mulher entre na unidade. Ele é alertada por um segurança que área é de risco biológico. Desesperados, parentes e até um menor de idade pedem ajuda. Uma equipe da unidade foi acionada e encaminhou a senhora para a sala de reanimação.






Segundo a Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (Susam) a paciente foi encaminhada para sala de reanimação, passou por procedimentos, mas não resistiu. A Susam também alertou que o Hospital Nilton Lins é considerado de risco biológico, por isso, não é um hospital de portas abertas. 

"O Hospital  Nilton Lins, assim o como o Hospital Delphina Aziz e o Hospital Getúlio Vargas somente recebem pacientes encaminhados das outras unidades de saúde definidas, no fluxo de atendimento,  como portas de entrada para síndromes respiratórias.", disse a Susam em nota enviada à imprensa.


Veja a íntegra da nota divulgada pela Susam


Nota de esclarecimento sobre atendimento no Hospital de Combate ao Covid-19, na Nilton Lins

A Secretaria de Estado de Saúde (Susam) esclarece que o Hospital Nilton Lins não negou atendimento à paciente que já chegou à unidade em óbito. Foi feito procedimento de reanimação, sem sucesso.  Foi explicado aos familiares que o hospital é área de risco biológico, por isso são tratados exclusivamente pacientes de Covid na unidade.

Após o atendimento, o Hospital forneceu o atestado de óbito e deu as demais orientações à família. 

O Hospital  Nilton Lins, assim o como o Hospital Delphina Aziz e o Hospital Getúlio Vargas somente recebem pacientes encaminhados das outras unidades de saúde definidas, no fluxo de atendimento,  como portas de entrada para síndromes respiratórias.

A orientação dada à população desde o início da pandemia é buscar por atendimento em  um dos nove SPAs, duas UPAs e três prontos-socorros da rede estadual , além das UBSs do município.

Unidades da Rede Estadual referência para atendimento de pacientes com síndrome respiratória

HPS

• Hospital e Pronto-Socorro (HPS) 28 de Agosto

• Hospital e Pronto Socorro Dr Aristóteles Platão Bezerra de Araújo

• Hospital e Pronto Socorro Dr. João Lúcio Pereira Machado

Serviços de Pronto Atendimento (SPAs)
 
• SPA Alvorada 
• SPA Coroado 
• SPA Zona Sul
• SPA Joventina Dias
• SPA Eliameme Mady 
• SPA São Raimundo
• SPA José Lins (Redenção)
• SPA Antônio Aleixo
• SPA Danilo Corrêa 

Unidades de Pronto Atendimento (UPAs)
• UPA Campos Salles 
• UPA José Rodrigues

• Procurar também as UBSs do município

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Receba nossas notícias em seu WhatsApp
Portal M2 News
Envie NOTÍCIAS e receba as principais notícias publicadas no Portal M2 News em seu WhatsApp. SERVIÇO 100% GRATUITO!