18/05/2020 às 18h44min - Atualizada em 18/05/2020 às 18h44min

Amazonino denuncia autor e “compartilhadores” de Fake News

Ex-governador foi vítima de notícia falsa ao ser declarado com poucos meses de vida por um site de notícias

Redação M2
Lucas Marinho
Amazonino Mendes (Podemos) denunciou responsáveis por domínio que compartilhou notícia falsa contra ele. Foto: Arquivo
O ex-governador Amazonino Mendes (Podemos) registrou nessa segunda-feira (18/05) boletim de ocorrência contra o responsável por um site de notícias de Manaus, que publicou reportagem classificada por ele como falsa. Amazonino foi personagem de uma publicação que trazia como parte do título a manchete “médico diz que ele tem meses de vida”, o que não representaria a verdade segundo o ex-governador.

Amazonino Mendes, que faz exames de rotina em São Paulo, foi surpreendido por mensagens e ligações de amigos e parentes, alertados pelo compartilhamento do conteúdo em plataformas de conversas e redes sociais.

A assessoria jurídica do ex-governador registrou boletim de ocorrência na Delegacia Interativa do Amazonas contra João Luiz de Carvalho Neto, proprietário do domínio que compartilhou o conteúdo na internet.

Na terça-feira (19/05) o governador acionará a justiça para uma ação criminal por Fake News contra os autores e compartilhadores do conteúdo. É que desde 2019 a Lei 13.834, pune com até oito anos de prisão quem publicar notícia falsa que tenha cunho eleitoral. A reportagem divulgada também trazia no título a frase “Amazonino fora das eleições” o que, segundo o jurídico do ex-governador, caracteriza um apelo eleitoral, mesmo que as eleições não estejam em curso, mas Amazonino é citado em várias pesquisas eleitorais de Manaus. A reportagem, segundo Amazonino, tem nítido objetivo de denegrir sua imagem.

“De acordo com informações de pessoas próxima (sic) do político, o quadro dele é muito grave e que ele teria meses de vida, caso os rins não reagirem, disse também o médico para essa pessoa”, trazia um outro trecho do texto veiculado.

Além do responsável pela publicação, pessoas que compartilharam o conteúdo foram identificadas através de seus números de celular e prints, elas também serão processadas pelo ex-governador.

“A nova legislação das Fakes News criminaliza o autor e o compartilhador de notícias falsas”, informou o advogado de Amazonino Mendes.

A assessoria de Amazonino Mendes informou que ele segue em São Paulo fazendo exames de rotina, programados com antecedência, sem risco algum.

Em 2017, durante as eleições para o Governo do Amazonas, Amazonino também foi vítima de Fakes News, na época a justiça concedeu liminar e retirou os conteúdos das redes sociais e puniu os autores.

A reportagem não conseguiu contato com João Luiz de Carvalho Neto, proprietário do domínio que publicou o material.

 

Veja o Boletim de ocorrência feito por Amazonino Mendes
 

       













 

**dados pessoais do autor foram suprimidos do B.O pela equipe de reportagem. 
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Receba nossas notícias em seu WhatsApp
Portal M2 News
Envie NOTÍCIAS e receba as principais notícias publicadas no Portal M2 News em seu WhatsApp. SERVIÇO 100% GRATUITO!