MENU

27/07/2020 às 08h00min - Atualizada em 27/07/2020 às 08h00min

No Tabuleiro tem Xuxa x Fred Mota, tem Marcos Rotta, Arthur e seus vices. Vem que tá legal!

Tem ainda a estreia do espaço Curtir e Não Curtir. Confira a coluna "Tabuleiro Baré" desta segunda-feira.

Mário Marinho - Coluna Tabuleiro Baré
mariomarinho@m2news
Coluna Tabuleiro Baré. Fotomontagem: M2 News

 
Deixa a Xuxa, Fred!


Sabe aquelas histórias que a gente ouvia quando éramos crianças, que ligavam a apresentadora Xuxa ao diabo? Coisa antiga, não é? Até na televisão do Bispo Macêdo ela já foi parar. Mas, como Manaus anda sem problema algum, está um brinco só, e não tem mais nada para  se fiscalizar,  o vereador Fred Mota (PR) resolveu usar o espaço da Câmara Municipal de Manaus (CMM) para fazer uma moção de repúdio contra o lançamento do novo livro de Xuxa, isso mesmo, uma moção de repúdio. A alegação do vereador é que a temática LGBT do livro que será lançado pela ‘rainha dos baixinhos’ seria uma forma de doutrinar as crianças.
Não é melhor só não comprar o livro? Não sabia que a função de vereador é fiscalizar celebridades de outro município.

Agora cá entre nós, fazer moção de repúdio contra as empresas que não colocam ônibus novos nas ruas de Manaus ninguém faz, né? Ao vereador, que termina o mandato em alguns meses, talvez seria melhor elencar a quantidade de projetos aprovados e executados, verdadeiramente, para prestar contas com o eleitor. Depois reclamam que a onda do “não reeleja ninguém” é perseguição. Deixa a Xuxa, Fred!

Veja o anúncio da moção de repúdio




Marcos Rotta abre o coração


Quando Marcos Rotta, no então PMDB de Braga, aceitou o desafio, em 2016, para se aliar a Arthur Neto (PSDB) talvez não imaginasse que pouco tempo depois iria ter o mesmo destino dado pelo tucano ao seu primeiro vice-prefeito, Hissa Abraão (PDT), o de ser deixado de lado por motivos ainda não esclarecidos. Alocado em sua pequena sala na Compensa, Rotta hoje tenta, ainda sem muito sucesso, desvincular sua imagem do atual prefeito. É uma dura missão e as últimas pesquisas eleitorais têm provado isso. E na tentativa de ‘desgrudar’ seu ‘par de olhos azuis’ de Arthur, o vice eleito tem feito de tudo.
 
 
'Prefeita não eleita'


Os tiros mais recentes foram dados em uma entrevista à jornalista Rosiene Carvalho , miraram no prefeito a quem Rotta afirmou “ter perdido a capacidade governar” e na atual primeira-dama a quem Rotta disse  “está entranhada no poder público sem qualquer tipo de conhecimento, qualquer tipo noção de administração pública e com uma gana muito grande”. Mas foi em uma entrevista de uma pergunta só à Coluna Tabuleiro Baré, desse jornalista que vos escreve, que Marcos Rotta, vice-prefeito de Manaus, esclareceu de forma contundente, chocante e sincera, o motivo de seu afastamento da gestão de Arthur.

 
A revelação...

Tabuleiro Baré - 
O que, verdadeiramente, motivou seu afastamento do Arthur?

Marcos Rotta - “O que me afastou dele foi a preguiça que o acompanha. A inércia para enfrentar problemas, a promíscua relação com os empresários de ônibus, entre outras coisas nada republicanas... aliada a submissão dele a “companheira”. Ela não é nem carne nem peixe, é um corpo estranho, administrando o que não conhece, para qual não recebeu delegação, não foi votada.
Além do que tudo na administração dele tem um começo, às vezes tem meio, mas nunca tem fim.”
, revelou Rotta ao jornalista Mário Marinho.


Vice? Só para campanha.


Em 2012, quando voltava de um longo período de reclusão em Portugal, após perder a vaga no senado para Vanessa Grazziotin (PCdoB), Arthur apostou na então juventude de Hissa Abraão, que na época vinha de uma excelente votação na eleição anterior e estava em bastante evidência, para conquistar votos dos mais jovens. Arthur, com problemas no joelho e impedido de ir para alguns eventos de campanha, fez Hissa carregar nas costas grande parte dos compromissos. Esse peso, mais tarde, não foi levado em consideração. E Arthur acusou publicamente Hissa de estar colocando a carroça antes dos burros ao querer apoio para uma candidatura à Governador. O rompimento prematuro deixou o então vice isolado, tal qual Rotta nos dias atuais.

 
Vantagens


Mas diferente de Hissa, Rotta tem uma pequena vantagem, está todos os dias nas casas de alguns manauenses com um programa de TV. Apesar do formato não ser de “embate direto” à administração tucana, vez ou outra, rola algumas indiretas. Quem sabe dá certo! Nessa história toda a gente sabe mesmo é que com Arthur, vice não tem vez. Ou seriam os vices que possuem problemas de relacionamento com o cargo de segundo plano?
 
Voltando pra casa...


Depois de passar mais de três semanas no mais caro hospital do Brasil, o Sírio Libanês, recebendo o melhor tratamento que o nosso desvalorizado Real brasileiro pode pagar, o prefeito Arthur Virgílio Neto (PSDB) deve desembarcar essa semana em Manaus, após se recuperar do Covid-19. O anúncio, claro, veio pelas redes sociais. Uma bela foto em preto e branco estampou o post “de volta pra casa” publicado por Arthur.  Na cena, de capa de revista, o prefeito é afagado pela amada Elisabeth Valeiko no leito particular do hospital em São Paulo e declara, em texto, sua saudade dos filhos, dos netos e dos seus animais de estimação.

Ao ler o texto da publicação do Prefeito senti saudades do tempo que ele declarava sempre a alegria de estar perto do seu povo e de governar Manaus, o que não ocorreu no texto da vitória contra o Covid-19, depois de tanto tempo distante daqui. Pessoalmente, desejo ao Prefeito um retorno rápido as atividades, assim que a saúde permitir, é claro!

Veja o post de Arthur


 Débora Mafra deixa hospital

Pré-candidata a prefeita de Manaus, Débora Mafra (PSC) deixou o hospital Adventista no último final de semana. A delegada estava internada com um quadro infeccioso. Mesmo com alta, médica e nas pesquisas, Mafra não pode sair de casa por recomendação médica, um duro problema para a delegada que agora precisa recuperar o tempo e voltar às articulações. Se eu fosse místico diria que já começou aquela história comum na política local de fazer “trabalhos espirituais” personalizados para os adversários adoecerem. Desejo que a delegada se recupere logo e qualquer maldade se afaste!

Veja o post feito por Débora Mafra 




Josué entra no hospital

Uma nuvem pesada anda circulando o presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), Josué Neto (PRTB). Depois de ter suas ações como presidente da Casa questionadas na justiça pela base aliada, Neto agora foi 'literalmente' para o estaleiro. Nesse domingo (26/07) o deputado passeava com seu jet ski pelas águas calmas do Rio Negro, em Manaus, quando se chocou com um cabo de aço que atracava uma embarcação. Na 'pancada' Josué fraturou uma das pernas e está desde ontem à noite na Samel. A coluna deseja melhoras e rápida recuperação... e um pouco de oração, também. 



Nicolau firma candidatura

Falando em Samel o deputado Ricardo Nicolau (PSD) pegou um avião e foi bater em São Paulo para um encontro com Gilberto Kassab, presidente nacional do PSD. A pauta da reunião foi, claro, as eleições para prefeito de Manaus. Acompanhado dos irmãos Hiram Nicolau, vereador, (PSD) e de Luiz Alberto Nicolau, presidente do grupo Samel, Ricardo ouviu de Kassab o compromisso de que terá todo apoio do partido para sua empreitada pela prefeitura de Manaus. A favor de Nicolau estão o bom trabalho na gestão no hospital de Campanha municipal montado do zero pelo seu grupo empresarial. As peças se movimentam!



Amazonino fala em evitar 'segunda onda'

O ex-governador Amazonino Mendes (Podemos) reapareceu nas redes sociais neste domingo (26/07). Em um vídeo, Amazonino pede ao povo para se proteger contra a Covid-19. Para os mais atentos a parte intrigante ficou na frase enigmática "vamos evitar essa segunda onda."

Veja abaixo o vídeo



 
Curtir e Não curtir

Inauguramos hoje o espaço Curtir e Não Curtir que estará presente em todas as edições de segunda e sexta-feira da coluna. Como adiantamos na semana passada é um espaço voltado para o destaque de ações de figuras públicas e anônimas do Amazonas e do Brasil, que de alguma forma têm relação com o nosso estado.


A chegada de Rodrigo


Eu apertei o botão Curtir para a nomeação do colega de profissão Rodrigo Araújo para o comando da Secretaria de Estado de Comunicação do Amazonas (Secom). A gente sabe que o trabalho, em meio a tantos acontecimentos contrários, será árduo. Mas o histórico do jornalista dita ao seu favor. Da coluna, ficam os votos de bom e sereno trabalho.


Remando contra a correnteza


Eu não apertei o botão Curtir para a tentativa, ainda desenfreada, dos presidentes dos bumbás Caprichoso e Garantido, Jender Lobato e Fábio Cardoso de realizar o Festival Folclórico de Parintins este ano. Além de beirar a insanidade, com tantos mortos por Covid-19 (98 até o último domingo – só em Parintins) a decisão perde a cada semana mais fôlego com o cancelamento em larga escala de outros importantes eventos pelo Brasil. O Carnaval de São Paulo, o GP Brasil de Fórmula 1 e o Réveillon do Rio de Janeiro já foram cancelados. É claro que os artistas de Parintins precisam trabalhar, mas a saúde e segurança de todos precisa vir em primeiro lugar. Nas redes sociais a maioria dos torcedores, de ambos os bumbás, se mostra contra.

Particularmente eu sou apaixonado pelos bumbás de Parintins, a festa é apaixonante, mas eu não vejo 40 mil pessoas, sem distanciamento social, dentro daquela arena, de máscara e  álcool em gel em todos os lados. Isso não vai dá certo. Haja máscaras e haja álcool, né? É melhor esperar a vacina e ano que vem se brinca em dobro.

Por hoje a gente fica por aqui. Até sexta-feira. 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Portal M2 News
Envie NOTÍCIAS e receba as principais notícias publicadas no Portal M2 News em seu WhatsApp. SERVIÇO 100% GRATUITO!