19/06/2017 às 19h46min - Atualizada em 19/06/2017 às 19h46min

Relatório parcial da PF afirma que Temer cometeu crime de corrupção

Mário Marinho - Redação M2News
A Polícia Federal (PF) entregou nessa segunda-feira, 19, o relatório parcial das investigações contra o presidente Michel Temer. Segundo o relatório entregue ao Supremo Tribunal Federal (STF) há indícios de que Temer cometeu crime de corrupção. Os investigadores da PF analisaram duas conversas gravadas entre o diretor do grupo JBS, Ricardo Saud e o ex-deputado federal Rodrigo Rocha Loures, e chegaram a conclusão de que há indícios de que o ex-deputado agia a pedido do presidete da república. As gravações passaram por perícia, que não detectou adulteração.

Os investigadores solicitaram mais cinco dias para concluir o inquérito. O prazo é para atestar se o crime de obstrução de justiça, do qual o presidente também é acusado, foi cometido. O Ministro Edson Fachin,  que é o relator da lava jato, vai decidir se estende ou não o novo prazo solicitado pela PF. O Ministo do STF já havia estendido o prazo final para conclusão das investigações em dez dias.

Nessa segunda-feira, Michel Temer, embarcou para Europa onde 
cumpre agenda oficial.

 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale com a gente
Portal M2 News
Envie NOTÍCIAS e receba as principais notícias publicadas no Portal M2 News em seu WhatsApp. SERVIÇO 100% GRATUITO!