19/10/2020 às 20h41min - Atualizada em 19/10/2020 às 20h41min

​Em parceria com Governo Federal, a Saúde Básica em Manaus vai avançar, garante Capitão Alberto Neto

Redação M2
Foto: Euzivaldo Queiroz
Durante o período de pandemia da Covid-19 ficou ainda mais evidente a deficiência da Atenção Básica, cuja responsabilidade é da Prefeitura, aponta o candidato a prefeito, deputado federal Capitão Alberto Neto, que acompanhou de perto o colapso vivido em Manaus. 

Como parlamentar, Alberto Neto visitou todos os hospitais de campanha montados às pressas para atender os pacientes. Por conhecer de perto os problemas, o Plano de Governo da coligação Aliança por Manaus prevê a priorização da Saúde, pois uma saúde preventiva eficaz será capaz salvar vidas.

"Em cada bairro que visito ouço dos moradores diversas reclamações sobre Unidades Básicas de Saúde (UBS), sobre a insuficiência de unidades, falta de medicamentos, equipamentos, materiais e profissionais. As pessoas se sentem abandonadas diante uma pandemia. Mas, em nossa gestão, a Saúde será um setor prioritário", garantiu. 

A Saúde é uma área fundamental para população de Manaus, mas sofre com descaso há décadas. Hoje, a cidade de Manaus é capital que menos recebe recursos federais para investir em saúde, resultado da quantidade insuficiente de agentes comunitários e um cadastro defasado da população junto ao Ministério da Saúde. 

"Iremos solucionar esse problema com a contratação de três mil profissionais, aumento de mil para quatro mil. Esses agentes serão treinados e equipados com tablets para ir de casa em casa, de bairro em bairro, a fim de realizar o cadastramento da população para repassar ao Governo Federal", disse. 

Parceria com Governo Bolsonaro

Conseguindo mais recursos para Manaus, os investimentos na modernização da gestão da saúde pública, da atenção básica e da ampliação da cobertura de dos serviços de média e alta complexidade poderão caminhar em passos mais largos. Com a experiência como deputado federal, Capitão Alberto Neto sabe como obter as verbas disponíveis para os municípios. 

"Queremos realizar em Manaus uma gestão moderna e eficaz, aliada às novas tecnologias. Vamos levar a Prefeitura para palma das mãos do cidadão. Através de um aplicativo, será possível cada pessoa marcar sua consulta, de seus familiares e vizinhos, sem precisar madrugar na fila. Também através da modernização da gestão seremos capazes de ampliar o serviço de telemedicina, recurso tão utilizado durante a pandemia, bem como a informatização os processos de aquisição e logística de medicamentos", informou. 

Plano de Governo

O cidadão que não tem como adquirir um remédio, para pressão alta, por exemplo, receberá a caixa do medicamento em casa de forma gratuita. Pois é cuidando de cada paciente na atenção básica que vidas serão salvas, defende Alberto Neto. Para ele, fornecer o remédio é a forma mais eficaz de evitar o agravamento das doenças. 

"A ampliação da cobertura de serviços de média e alta complexidade também está no nosso planejamento para Manaus. Uma grande capital que não tem nenhum hospital público e teve o hospital de campanha fechado em plena pandemia. Com parceria da iniciativa privada nós construiremos o primeiro hospital municipal de Manaus, para reduzir as filas de exames laboratoriais e de diagnóstico", relatou. 

O planejamento de governo também prevê a implantação de um projeto dedicado ao atendimento de grávidas, pois a saúde materna é fundamental para garantir a qualidade de vida das famílias.

"Eu estou comprometido em melhorar a qualidade de vida das pessoas, e isso só será possível com a prevenção sendo pilar da política de saúde. Por isso, iremos fortalecer o atendimento humanizado, a saúde do idoso, os programas e projetos de vida saudável, assim como o combate a endemias, controle de zoonoses e vacinação", concluiu.

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Portal M2 News
Envie NOTÍCIAS e receba as principais notícias publicadas no Portal M2 News em seu WhatsApp. SERVIÇO 100% GRATUITO!