17/04/2018 às 19h50min - Atualizada em 17/04/2018 às 19h50min

Segunda fase do 'Projeto Sinaleiras' realiza ação de saúde

Redação M2 News
Foto: Divulgação
 
 
O Governo do Amazonas, por meio da segunda fase do "Projeto Sinaleiras" – que tem como foco a erradicação do trabalho infantil nas sinaleiras da cidade de Manaus –, realizou nesta terça-feira (17/04), na sede da Associação Beneficente Jésus Gonçalves, na Colônia Antônio Aleixo, uma ação de saúde que contemplou os beneficiados pelo "Projeto Sinaleiras". Atualmente, o projeto beneficia crianças e adolescentes e os pais, mães e responsáveis deste público. 
 
Durante a ação voltada para saúde foram oferecidos teste rápidos de HIV, com resultado imediato e acompanhamento médico de clínico geral e dermatologista, além da triagem para conferência de pressão arterial e glicemia. Buscando a prevenção contra infecções e doenças sexualmente transmissíveis, foram distribuídos métodos anticonceptivos, como a camisinha.
 
Para as crianças foram oferecidas as vacinas contra sarampo (de 6 meses à 6 anos) e HPV (para meninos e meninas). A ação contou com profissionais da saúde estadual e municipal.
 
A Seas é a responsável pela coordenação do "Projeto Sinaleiras". De acordo com a secretária de Estado da Assistência Social (Seas), Auxiliadora Abrantes, as ações de saúde acontecem permanentemente nas sextas-feiras para os beneficiados pelo "Projeto Sinaleiras": crianças e adolescentes e seu pais ou responsáveis. “As ações de saúde estão enquadradas no conjunto de atividades socioassistenciais que o 'Projeto Sinaleiras' abriga, visando reparar a vulnerabilidade social destas crianças e adolescentes que estavam nas sinaleiras da cidade e também de suas famílias”, destacou a secretária.
 
Sobre o 'Projeto Sinaleiras' - O projeto conta com ações da Seas, uma das 13 secretarias de Estado que desenvolvem ações para erradicação do trabalho infantil nas sinaleiras de Manaus. Além de órgãos estaduais, o projeto tem a parceria do Ministério Público do Trabalho e organizações sociais.
 
A Seas participou diretamente da construção do "Projeto Sinaleiras", que reúne ações de sensibilização de condutores nas vias da cidade de Manaus (Operação Esperança), alcançando cerca de 25 mil motoristas, que foram orientados a não oferecerem contribuição financeira às crianças e adolescentes; e de ampliação da Campanha Nacional do Ministério Público do Trabalho #ChegadeTrabalhoInfantil nos veículos de comunicação e redes sociais do Amazonas. O projeto incluiu o Plantão de Abordagem Social nos dias que antecederam as festas de final de ano e a realização da colônia de férias “De Férias Sim, nas Ruas Não”.
 
A colônia de férias foi planejada para atender crianças, adolescentes e suas famílias, que estejam em situação de risco e vulnerabilidade social, e alcançou, na primeira fase, 237 pessoas, sendo 166 crianças e adolescentes e 71 famílias, no bairro Colônia Antônio Aleixo, onde levantamento prévio indicou como área geográfica de maior incidência de crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil. Realizada de 15 de dezembro de 2017 a 26 de janeiro de 2018, a colônia ofereceu às crianças e aos adolescentes atividades lúdicas, socioeducativas, culturais, de lazer e de serviços de saúde. Aos pais, foram ofertadas oportunidades de formação profissional, emprego e renda.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale com a gente
Portal M2 News
Envie NOTÍCIAS e receba as principais notícias publicadas no Portal M2 News em seu WhatsApp. SERVIÇO 100% GRATUITO!