17/10/2021 às 09h13min - Atualizada em 17/10/2021 às 09h13min

PC-AM prende dois indivíduos pelo crime de furto qualificado e apreende três veículos, em bairros distintos, durante operação

Redação M2 News
Foto: Erlon Rodrigues

 

A Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por meio da Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (Derfv), cumpriu, ao longo desta quinta e sexta-feira (14 e 15/10), mandados de mandados de busca e apreensão e mandados de prisão em nome de dois indivíduos, de idades não reveladas, pelo crime de furto qualificado de um veículo marca Renault, modelo Logan. 

 

As ações ocorreram nos bairros Santo Antônio, Compensa, Tarumã, na zona oeste, e no bairro Jorge Teixeira, na zona leste, e contou com apoio de guarnições da Polícia Militar do Amazonas (PM-AM). 

 

De acordo com o delegado Aldeney Goes, titular da Especializada, as diligências iniciaram após as equipes serem comunicadas que um turista norte-americano havia alugado um veículo na capital, e deixado o mesmo estacionado em via pública, ocasião em que foi surpreendido com o desaparecimento do carro. 

 

"Iniciamos as investigações e descobrimos que três infratores agiram neste delito utilizando carros reboques para subtrair o veículo. Os indivíduos são dois policiais militares, além de Kaio Coimbra Cunha, um ex-agente de segurança patrimonial. Um dos policiais foi identificado e preso durante a ação, agora continuaremos com os trabalhos para localizar o segundo policial", disse o delegado. 

 

Apreensões - Segundo a autoridade policial, durante as investigações, as equipes receberam informações que o ex-agente havia subtraído um veículo de marca Chevrolet, modelo Onix, que foi recuperado no decorrer da ação policial, juntamente com o Renault Logan e um Fiat Argo. 

 

Corporação - Em nota, a PM-AM informou que foi instaurado um procedimento administrativo pela Diretoria de Justiça e Disciplina (DJD) para analisar a conduta do policial envolvido no caso. "Concomitante a isto, a Polícia Civil também está investigando o fato, por meio de inquérito policial". 

 

A corporação reforçou, ainda, por meio da nota, "que não compactua com atos que contrariem a lei, e que contribuirá com a investigação realizada pela polícia judiciária". 

 

Procedimentos - Os indivíduos responderão pelos crimes de furto qualificado. Eles serão encaminhados para a Central de Recebimento e Triagem (CRT), onde ficarão à disposição do Poder Judiciário. 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale com a gente
Portal M2 News
Envie NOTÍCIAS e receba as principais notícias publicadas no Portal M2 News em seu WhatsApp. SERVIÇO 100% GRATUITO!