04/06/2018 às 11h04min - Atualizada em 04/06/2018 às 11h04min

Greve dos Rodoviários entra no sétimo dia. Populares depredam ônibus em Manaus e pedem saída de Arthur.

Mais de 15 veículos foram depredados em terminais da cidade. População fez manifestação e pediu saída de Arthur do comando da prefeitura de Manaus

Redação M2 News
População de Manaus não aguentou mais aguardar nos terminais de integração da cidade, nessa segunda-feira (04/06) 7º dia de greve dos rodoviários. No Terminal de Integração 4, na zona Leste da Cidade, ônibus foram depredados após motoristas se recusarem a seguir viagem.

O Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo do Amazonas (Sinetram) informou que pela manhã 30% da frota circularam na capital, mas próximo das 10h os ônibus foram retirados de circulação pelo Sindicato dos Rodoviários, que mesmo após decisão judicial, que estipulou multa de R$ 200 mil por hora de greve, mantém a paralisação na capital amazonense.

Após a depredação, populares fizeram uma manifestão no T4 com cartazes de bandeiras. Além de pedir o retorno das linhas, eles gritavam "Fora Arthur", em cobraça direta ao prefeito de Manaus, que ainda não conseguiu intervir para o retorno dos ônibus às ruas.

"Esse é o transporte que o prefeito Arthur nos dá. Esse é o transporte de qualidade que ele prometeu na campanha", esbravejou Luana Silva, que acompahava a manifestação no T4.

"O Arthur agora não quer assumir a culpa. A culpa é dele. O sistema é da prefeitura. Ele tem que resolver isso, já basta de greve e ninguém faz nada", dizia um dos manifestantes.

"Cadê os vereadores? Cadê o prefeito? Sumiram todos. Venham para as ruas. Venha para os terminais", cobrava Maria Lourdes Mota, diarista.

"Enquanto a gente está nas paradas o Arthur anda pra cima e pra baixo em seu carro blindado, cheio de seguranças, tudo pago com dinheiro do contribuinte. Será mesmo que ele está preocupado com a falta de ônibus", indagou outro manifestante presente na passeata.



Confira vídeos da confunsão nos terminais de Manaus:





SEDUC suspende aulas em Manaus 


Por causa da Greve dos Rodoviários e falta de ônibus na capital, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) suspendeu as atividades nas escolas da rede estadual em Manaus. Leia comunicado enviado pela secretaria:
 

A Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc) informa que em virtude dos acontecimentos da manhã desta segunda-feira (04/06), na qual ônibus do transporte coletivo foram depredados e em que ocorre a manutenção da greve no transporte público, a pasta comunica a suspensão das atividades letivas nas escolas estaduais de Manaus no período vespertino e noturno, visando à segurança dos alunos e servidores da educação. As unidade dos Centros de Educação de Tempo Integral (Ceti), por serem escolas de tempo integral, os alunos serão liberados após o almoço ou conforme os responsáveis forem buscando os alunos.  A Seduc ressalta que nenhum aluno ou servidor será prejudicado.

 

A Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc) informa que em virtude dos acontecimentos da manhã desta segunda-feira (04/06), na qual ônibus do transporte coletivo foram depredados e em que ocorre a manutenção da greve no transporte público, a pasta comunica a suspensão das atividades letivas nas escolas estaduais de Manaus no período vespertino e noturno, visando à segurança dos alunos e servidores da educação. As unidade dos Centros de Educação de Tempo Integral (Ceti), por serem escolas de tempo integral, os alunos serão liberados após o almoço ou conforme os responsáveis forem buscando os alunos.  A Seduc ressalta que nenhum aluno ou servidor será prejudicado.

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale com a gente
Portal M2 News
Envie NOTÍCIAS e receba as principais notícias publicadas no Portal M2 News em seu WhatsApp. SERVIÇO 100% GRATUITO!