11/06/2018 às 11h49min - Atualizada em 11/06/2018 às 11h49min

Seduc/AM divulga relação de estudantes da rede pública estadual inscritos no Programa Parlamento Jovem Brasileiro 2018

Redação M2 News
Foto: Divulgação
Mais de cinquenta estudantes da rede pública estadual do Amazonas estão inscritos no Programa Parlamento Jovem Brasileiro (PJB) 2018. A relação dos inscritos foi divulgada pela coordenação do programa na Secretaria de Estado de Educação e Qualidade do Ensino (Seduc). Do total de inscritos, quatro alunos serão selecionados para um encontro nacional, que acontecerá em Brasília.
 
O PJB é um programa vinculado à Seduc, por meio do Departamento de Políticas e Programas Educacionais e da Gerência de Ensino Médio, com apoio do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed). Realizado anualmente, o programa tem por objetivo possibilitar aos alunos do Ensino Médio de escolas públicas e particulares a vivência do processo democrático, mediante a participação em uma jornada parlamentar na Câmara dos Deputados, em que os estudantes tomam posse e atuam como deputados jovens.
Neste ano, de acordo com a coordenação do programa na Secretaria de Educação do Amazonas, 54 projetos de lei elaborados pelos alunos das escolas da rede estadual foram inscritos no programa. A relação dos estudantes inscritos está disponível no site da Seduc: www.educacao.am.gov.br
"A próxima etapa será a avaliação dos quatro melhores projetos, os quais serão encaminhados a Brasília para a seleção de nosso representante no encontro nacional, que ocorrerá no período de 30 de setembro a 5 de outubro", informou o assessor técnico da Gerência de Ensino Médio da Seduc e coordenador do programa, Antônio Braga.
 
Seleção - Braga explicou ainda que a seleção dos quatro melhores projetos de lei já está acontecendo e deve se estender até o dia 20 de junho. A seleção é feita por professores da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas e também da Seduc.
 
As inscrições para o programa deste ano ocorreram entre os dias 28 de março e 4 de junho de 2018.
 
Segundo o coordenador do programa na Seduc, a participação dos estudantes da rede estadual é importante para que eles possam desenvolver uma consciência política. "Seria muito que o aluno desenvolvesse essa consciência política, não a consciência partidária política, porque todos nós já nascemos políticos, mas a consciência política de que ele é um cidadão e que ele pode fazer bem as suas escolhas", informou.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale com a gente
Portal M2 News
Envie NOTÍCIAS e receba as principais notícias publicadas no Portal M2 News em seu WhatsApp. SERVIÇO 100% GRATUITO!