11/04/2022 às 19h26min - Atualizada em 11/04/2022 às 19h26min

Linn acha que indicar P.A causou sua eliminação: 'Sinto que foi um erro'

Décima segunda eliminada do "BBB 22" (TV Globo), Linn da Quebrada partici

Uol
Foto: Uol
 

Décima segunda eliminada do "BBB 22" (TV Globo), Linn da Quebrada participa do Café com o Eliminado no "Mais Você" (TV Globo) de hoje. No paredão de ontem, ela foi a mais votada pelo público, com 77,6% dos votos.

Eliezer e Gustavo seguem na disputa pelo prêmio de R$ 1,5 milhão. O designer recebeu 15,66% dos votos e o ex-morador da casa de vidro, 6,74%.

 

Para a cantora, indicar Paulo André ao paredão logo após o atleta, Pedro Scooby e Douglas Silva abrirem mão da liderança para que ela vencesse, foi algo que influenciou em sua eliminação na noite de ontem.

"Eu sinto que esse foi um erro que foi responsável por essa curva na minha trajetória, mesmo eu tendo atritos e conflitos declarados com o P.A (...) eu poderia ter construído outro caminho, eu sinto que isso de alguma forma afetou a forma como as pessoas estavam me vendo", pontuou Linn.

Analisando a situação, a artista comentou que deveria ter indicado Gustavo. "Talvez, se eu não tivesse ganhado a liderança dessa forma, isso não teria sido um erro. Eu não tinha um conflito direto com o Gustavo, mas poderia ter pensado nele como opção".

Ela viu um momento em que Arthur Aguiar a chamou de "contraditória" por indicar P.A e ainda pontuou que as brincadeiras entre a cantora e o atleta olímpico eram "constrangedoras".

"Olha, Ana, não vou nem dizer quem é contraditório. Contraditória eu sou e assumo isso, mas acho que faz menos sentido ainda as coisas que o Arthur ta trazendo, não só nesses momentos como em outros também", disse.

"Mas não sinto que avancei nesse lugar, vou inclusive rever todas essas 'brincadeirinhas bobas e gostosas', que pareciam muito saudáveis (...) Nunca faltei com respeito e é curioso porque o PA já tinha me indicado para o paredão, então também não acho que não faça sentido [indicar o brother ao paredão]. Fui contraditória, mas não acho que foi uma coisa impossível de se pensar justamente pelos conflitos que a gente vinha construindo dentro da casa".

A agora ex-BBB também disse estar muito grata com o carinho que está recebendo.

Ter vivido tudo que eu vivi, ter me exposto como eu me expus, todos os dias, em rede nacional, e sair da casa e sentir que eu tô sendo amada... É possível e é preciso amar pessoas trans e travestis. Linn da Quebrada

 


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale com a gente
Portal M2 News
Envie NOTÍCIAS e receba as principais notícias publicadas no Portal M2 News em seu WhatsApp. SERVIÇO 100% GRATUITO!