27/06/2018 às 19h08min - Atualizada em 27/06/2018 às 19h08min

Unidade Prisional de Parintins passa por revista

Ação do Sistema Prisional e de Segurança tem como objetivo garantir o controle da unidade durante o Festival Folclórico de Parintins

Redação M2 News
Foto: Bruno Zanardo/Secom


 
Na manhã desta quarta-feira (27/06), a Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) e a Polícia Militar do Amazonas (PMAM) realizaram procedimento de revista na Unidade Prisional de Parintins, município distante 369 quilômetros em linha reta de Manaus. A ação teve como principal objetivo garantir o controle da unidade durante o Festival Folclórico de Parintins.
 
A fiscalização foi acompanhada pelo poder judiciário e Defensoria Pública do município. Para o juiz titular da 1ª Vara de Parintins, Lucas Couto Bezerra, a segurança e integridade física da unidade prisional devem ser acompanhadas por todo o poder judiciário e órgãos competentes.


"Assumi recentemente e uma das primeiras providências que eu tive foi em preocupação com o festival em atentar para a integridade física dos detentos que já estão custodiados e aqueles que poderão ser detidos durante o evento, principalmente para manterem a salvaguarda de toda a população da cidade. O Estado do Amazonas merece um sistema carcerário melhor e, para isso, é necessária à fiscalização atenta do judiciário e da Defensoria Pública do Estado", relatou o magistrado.
 
Efetivo - Na ação de revista, foi empregado um efetivo de mais de 70 pessoas, entre servidores da Seap lotados na unidade prisional, uma equipe de Manaus e policiais militares das tropas do Comando de Policiamento Especializado (CPE), que foram enviados ao município para realizar a segurança durante todo o Festival Folclórico.
 
De acordo com o secretário executivo adjunto da Seap, major da Polícia Militar do Amazonas, Lima Júnior, a secretaria tem intensificado as revistas no interior do Estado com o apoio da Polícia Militar.


"Nada mais justo do que realizarmos essa revista em Parintins durante o período do festival, para prevenir qualquer tipo de ação por parte dos internos. Fizemos contato com todo o poder judiciário do município para que possamos dar um suporte para os internos, e não somente a repressão. Essa é mais uma ação da Seap e PMAM para coibir qualquer movimentação de desordem dos internos".
 
A Unidade Prisional de Parintins possui atualmente 129 presos, sendo 122 homens e sete mulheres. Durante o procedimento foram apreendidos: 13 estoques, duas baterias, um carregador, dois canivetes, dois alicates, oito rolos de fio de cobres, um rolo de fio e um cartão de memória.
 
O comandante de policiamento do interior, coronel da Polícia Militar do Amazonas, Márcio Santiago, afirma que a tropa especializada da corporação esteve presente para apoiar o procedimento. "Nossos policiais estão acostumados a estas ações que são realizadas em parceria com a Seap, tanto em unidades prisionais da capital quanto do interior. Estamos com um efetivo de policiais militares capacitados para que durante o festival tudo transcorra com maior tranquilidade no sistema penitenciário e em toda a cidade."
 
Atuação da Seap em Parintins – Uma equipe da Seap chegou a Parintins na última terça-feira (26/06). Comandados pelo secretário executivo adjunto, major Lima Júnior, o efetivo realizou uma visita prévia na unidade antes da revista. O secretário executivo adjunto se reuniu ainda com a equipe policial empregada na cidade, com juízes, promotores e defensores do Fórum de Justiça de Parintins para o alinhamento da operação de fiscalização realizada nesta manhã.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale com a gente
Portal M2 News
Envie NOTÍCIAS e receba as principais notícias publicadas no Portal M2 News em seu WhatsApp. SERVIÇO 100% GRATUITO!