10/07/2017 às 06h09min - Atualizada em 10/07/2017 às 06h09min

Relatório de denúncia contra Temer começa a ser lido às 14h30

Entenda como vai funcionar os trabalhos da CCJ

Redação - M2 News

Acusado pelo crime de corrupção passiva com base nas delações de executivos do grupo J&F, controlador da JBS, Michel Temer começa essa segunda-feira, 10, com excpectativa de saber Sérgio Zveiter (PMDB) ,escolhido pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) para ser relator do caso,  vai aceitar ou não a denúncia contra ele, oferecida pelo procurador geral da república Rodrigo Janot. A sessão está marcada para começar às 14h30, horário de Brasília.

Depois do relatório de Zveiter, os deputados terão direito a analisar o parecer por mais tempo, pelo prazo regimental até a  próxima quarta-feira, 12. Em seguida serão abertas discussões e debabes sobre o caso. Ao todo 122 deputados, membros ou suplentes da CCJ,  poderão se manifestar nesses debates. Outros 40 deputados, que não fazem parte da comissão também podem se manifestar. Se todos usarem o tempo concedido, as discussões devem ultrapassar as 36 horas. 

Só depois dessas discussões será aberta a votação pela aprovação ou não do relatório de Sérgio Zveiter. Aprovado ou rejeitado, o relatório segue para votação no plenário, onde os 513 deputados vão decidir se a câmara aceita ou não a denúncia contra o presidente Michel Temer. Para a denúncia ser aceita é necessário número mínimo de 342 votos favoráveis. Se for aceita, Temer é afastado do cargo e o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM) , assume a presidência da república.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale com a gente
Portal M2 News
Envie NOTÍCIAS e receba as principais notícias publicadas no Portal M2 News em seu WhatsApp. SERVIÇO 100% GRATUITO!