24/08/2018 às 15h19min - Atualizada em 24/08/2018 às 15h19min

Estudantes do interior aprendem práticas de utilização à robótica

Redação M2 News
Foto: Divulgação
Alunos do ensino médio de escolas públicas de oito munícipios do interior do Amazonas (Manacapuru, Coari, Tefé, Maués, Presidente Figueiredo, Itacoatiara, Parintins e Manaus) terão a oportunidade de desenvolver atividades voltadas para área de Tecnologia da Informação (TI) por meio de didáticas relacionadas à utilização da robótica.
 
A iniciativa surgiu a partir do projeto "Robótica Educacional no Incentivo de alunos do Ensino médio para Atuação na Área de Tecnologia da Informação", contemplado no Programa Estratégico em Tecnologia da Informação (RH-TI) da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) em parceria com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas (Ifam). 
 
Segundo a coordenadora do projeto, Joyce Miranda, a falta de incentivo para formação de recursos humanos na área de Tecnologia da Informação (TI) é um problema. Por isso divulgar a robótica e suas aplicações por meio do projeto é uma forma de estimular e promover o interesse de alunos do ensino médio no ingresso em carreiras na área de TI. "Estamos propondo aplicar a prática da robótica educacional voltada para programação de uma forma lúdica, mais didática, para tentar estimular esses alunos a ingressarem em carreiras na área de TI,  de forma a suprir o mercado local e nacional de uma forma geral," conta Joyce. 
 
Doutora em Informática pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Joyce, explicou que a execução do projeto será através  de kits Lego Mindstorm escolhido por ser considerado um kit de referência em robótica educacional. A ferramenta se destaca tanto por sua característica lúdica como por apresentar significativa liberdade e flexibilidade para a montagem de estruturas mecânicas. "Vamos trazer professores das escolas de cada município para distribuir esses kits e capacitá-los na sede do Ifam em Manaus. Com isso, será possível eles desenvolverem as atividades com os alunos", diz a pesquisadora.
 
A ideia é que até o fim do projeto seja possível reunir os estudantes de todos os municípios que participam do projeto para uma competição de robótica na capital amazonense. "Queremos preparar esses alunos para oferecer a experiência desses tipos de competições".  RH- TI
 
O programa RH-TI tem finalidade  estimular estudantes, da capital e do interior do Amazonas, a partir do primeiro ano do ensino médio, a seguirem carreira acadêmica e profissional na área de TI, por meio de atividades orientadas, executadas por professores do ensino superior, graduandos das áreas tecnológicas.


Para Joyce, o apoio da Fapeam, por meio do RH-TI, é importante porque utiliza o recurso do programa para incentivar ainda mais a educação básica, o envolvimento e o incentivo aos alunos para área de tecnologia, que está no momento de muita oportunidade de trabalho. "É bem interessante que a instituição esteja preocupada com esse cunho social de inclusão desses alunos dos municípios para atender as necessidades regional e local de profissionais competentes voltados para área de TI", informou.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale com a gente
Portal M2 News
Envie NOTÍCIAS e receba as principais notícias publicadas no Portal M2 News em seu WhatsApp. SERVIÇO 100% GRATUITO!