18/03/2019 às 06h45min - Atualizada em 18/03/2019 às 06h45min

Vasco cai diante da Cabofriense

Com informações - ABR
Redação M2
Foto: Divulgação/Vasco

O dia não foi feliz para o Vasco da Gama no Espírito Santo! Na tarde deste domingo (17/03), atuando no Estádio Kléber Andrade, em Cariacica (ES), o Almirante perdeu para a Cabofriense e desperdiçou a chance de alcançar o sétimo triunfo dentro do Campeonato Carioca. A vitória do clube da Região dos Lagos foi pelo placar de 2 a 0 e os gols foram marcados por Rincon e Brunno Lima.

Com o resultado, o Gigante da Colina se manteve com cinco pontos, no terceiro lugar do Grupo A e fora da zona de classificação para a semifinal da Taça Rio. O próximo compromisso pela competição estadual será na quarta (20), diante do Resende, em Volta Redonda.

O JOGO

Contando com o apoio de sua apaixonada torcida, que mais uma vez compareceu em bom número ao Kléber Andrade, o Vasco da Gama tomou a iniciativa da partida e passou a ter controle das ações no meio-campo. O Cruzmaltino, entretanto, encontrou dificuldades para furar o bloqueio adversário nos minutos iniciais. A primeira boa chance apareceu com o cronômetro marcando nove minutos, quando Bruno César cobrou falta na direção da pequena área e Marrony testou no travessão.

A boa investida vascaína serviu para acordar a Cabofriense, que respondeu em grande estilo logo na sequência. Em seu primeiro ataque consistente, o time dirigido pelo ídolo vascaíno Valdir Bigode demonstrou eficiência e abriu o placar. Com 11 minutos, após boa troca de passes, Marlon avançou pela esquerda e cruzou na medida para Rincon inaugurar o marcador: Cabofriense 1 x 0. O Almirante respondeu aos 15, porém Ribamar chegou atrasado e não finalizou depois de uma escapada de Marrony.

Em desvantagem no placar, o clube de São Januário seguiu pressionando. Com 25, momentos após o término da parada técnica, Cláudio Winck cobrou falta da intermediária e acertou o travessão da meta rival. Outra grande oportunidade foi desperdiçada aos 32 minutos. Lançado por Marrony, Bruno César escapou pela esquerda e fez um lindo lançamento para Ribamar, que acabou concluindo para longe do gol. O camisa 9 conseguiu balançar as redes na reta final do primeiro tempo, mas o tento não foi validado em virtude de um impedimento.

Antes da etapa inicial chegar ao fim, o Gigante da Colina perdeu mais uma chance de ouro. Na ocasião, aos 44, Rossi fez grande jogada pela direita e cruzou rasteiro para Marrony. Mesmo sozinho, o artilheiro vascaíno na temporada chutou para fora. Com Thiago Galhardo no lugar de Raul, o Vasco retornou do intervalo mais ofensivo e por pouco, muito pouco, não empatou em seu primeiro ataque. Cláudio Winck recebeu de Bruno César, cruzou forte e Igor desviou contra o próprio patrimônio. A redonda passou por cima da meta.

A blitz cruzmaltina no setor de ataque continuou. Aos seis minutos, Marrony passou para Ribamar e o viu obrigar George a fazer uma grande intervenção. Ciente da importância do resultado positivo, o treinador Alberto Valentim fez mais duas modificações e deixou o Almirante ainda mais ofensivo. Yago Pikachu e Tiago Reis entraram nos lugares de Cláudio Winck e Ribamar, respectivamente. As substituições só surtiram efeito após a parada técnica. Com 22 minutos, Galhardo deixou Rossi na cara do gol, mas o camisa 7 acabou parando duas vezes no arqueiro adversário.

Oito minutos mais tarde, aos 30, Bruno César cobrou falta e Oswaldo Henríquez testou por cima da trave. Antes do árbitro Marcelo de Lima Henrique decretar o fim do duelo, o Vasco fez de todo para evitar a derrotar e igualar o marcador, porém quem novamente balançou as redes foi a Cabofriense. Com 34, depois de uma cobrança de escanteio da direita, Brunno Lima subiu mais alto que toda defesa cruzmaltina e testou com força para o fundo do barbante, decretando assim a vitória de sua equipe: Cabofriense 2 x 0.


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale com a gente
Portal M2 News
Envie NOTÍCIAS e receba as principais notícias publicadas no Portal M2 News em seu WhatsApp. SERVIÇO 100% GRATUITO!