19/07/2019 às 10h46min - Atualizada em 19/07/2019 às 22h38min

Omar Aziz comandou esquema de desvios, Melo continuou. Nejimi dividia e irmãos Aziz lavavam o dinheiro.

Operação Vertex foi detalhada em entrevista coletiva na sede da PF em Manaus.

M2 News
A Polícia Federal (PF) no Amazonas informou em entrevista coletiva nessa sexta-feira (19/07), que o ex-governador do Amazonas e atual senador da república pelo PSD, Omar Aziz é o principal alvo da Operação Vórtex, deflagrada em Manaus, Brasília e São Paulo. Segundo o superintendente da PF no Amazonas, Max Ribeiro, Omar não foi preso por ter foro privilegiado, mas a esposa, Nejimi Aziz, vice-presidente do PSD no Amazonas, e seus Irmãos Murad, Manssur e Amin Aziz foram detidos em cumprimento de mandados prisões  temporárias.

Segundo as investigações  durante a passagem de Omar pelo governo do Amazonas (entre 2010 e 2014) , vários crimes de corrupção foram cometidos e beneficiaram diretamente a família Aziz. A PF não divulgou o valor total desviado pela família Aziz, mas R$ 93 milhões em bens foram apreendidos, os investigados também tiveram as contas bancárias bloqueadas.

Foram 08 mandados de prisão temporária, 15 mandados de busca e apreensão, 18 mandados de bloqueios de contas de pessoas físicas e jurídicas (aproximadamente 92,5 milhões de reais), 07 mandados de sequestro de bens móveis e imóveis, expedidos pela Justiça Federal, que, após parecer do Ministério Público Federal, deferiu representação do Delegado de Polícia Federal que preside a investigação.

Entre as vantagens indevidas de que se tem suspeita, teria havido entregas de dinheiro em espécie ou por meio em negócios simulados ou superfaturados, como compra e venda de terrenos, a fim de ocultar a entrega de dinheiro dissimulado por meio de contratos de aluguel e de compra e venda.

O ex-governador José Melo teria continuado todo esquema de desvios de dinheiro público iniciado no governo Omar. A Operação dessa sexta-feira é um desdobramento da Maus Caminhos, que levou Melo para cadeia.

A assessoria de Omar Aziz informou que o senador está reunido com advogados e em breve se pronunciará sobre o caso. 







**Reportagem atualizada no dia 19/07 (22h38) para retirada do nome do advogado Lino Chíxaro, que n
ão foi alvo da Operação e, correção do nome da  ação, publicado como Vórtex anteriormente.


 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale com a gente
Portal M2 News
Envie NOTÍCIAS e receba as principais notícias publicadas no Portal M2 News em seu WhatsApp. SERVIÇO 100% GRATUITO!