30/08/2019 às 11h42min - Atualizada em 30/08/2019 às 11h42min

Polícia Civil prende mulher por receptação e o companheiro dela em cumprimento a mandado, em zonas distintas da cidade

A equipe de investigação do 17º Distrito Integrado de Polícia (DIP), sob o comando do delegado Carlos Augusto Monteiro, titular da unidade policial, prendeu em flagrante, na manhã de quinta-feira (29/8), por volta das 10h30, Elcilane Martins dos Santos, 23, por receptação. Na ocasião, antes de chegar até a infratora, aproximadamente às 9h, prenderam o companheiro dela, Gelson Ramos da Silva, 36, conhecido como “Sombra”, cumprindo mandado judicial, em razão de sentença condenatória por tráfico de drogas.

De acordo com a autoridade policial, as prisões de Elcilane e Gelson foram efetuadas em zonas distintas da cidade. Ela foi encontrada no bairro Tancredo Neves, zona leste, e ele, na Redenção, zona centro-oeste. A ação policial foi motivada, a partir da ocorrência do roubo de um aparelho celular, registrada no 17º DIP, no dia 28 de julho deste ano.

“Depois de realizarmos o rastreamento dos dados cadastrados no celular subtraído, nós nos deslocamos até o endereço indicado pelo aparelho, em uma residência, no bairro Redenção. No local, fomos recebidos por um homem conhecido como ‘Sombra’, que informou que o aparelho pertencia à companheira dele, Elcilane. Durante averiguação das informações, constatamos, ainda, que havia um mandado de prisão no nome dele, Gelson Ramos da Silva,  em razão de sentença condenatória, por tráfico de drogas”, relata Monteiro.

Após receber voz de prisão, informa o delegado, Gelson conduziu a equipe até a residência da sogra dele, no bairro Tancredo Neves, onde Elcilane se encontrava. “No lugar, a jovem estava em posse do aparelho eletrônico e quando questionada sobre a procedência do mesmo, alegou que havia comprado de uma pessoa desconhecida e que não possuía nota fiscal, momento em que prendemos a infratora”, afirmou Monteiro.

Segundo o delegado, o aparelho foi apreendido e o casal levado à unidade policial, onde ficou confirmada a ordem judicial em nome de Gelson, expedida no dia 18 de setembro de 2018, pela juíza Rosália Guimarães Sarmento, da 2ª Vara Especializada em Crimes de Uso e Tráfico de Entorpecentes. “Sombra” cometeu o delito em outubro de 2014.

Flagrante – Elcilane foi autuada em flagrante por receptação. Ao término dos procedimentos cabíveis na unidade policial, a mulher pagou a fiança de R$ 2 mil, foi liberada e irá responder à Justiça em liberdade.

Condenação – Gelson foi condenado a seis anos de regime semiaberto por tráfico de drogas, constrangimento ilegal e corrupção de menores. Ao término dos procedimentos cabíveis no prédio do 17º DIP, ele será conduzido ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM).

 


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale com a gente
Portal M2 News
Envie NOTÍCIAS e receba as principais notícias publicadas no Portal M2 News em seu WhatsApp. SERVIÇO 100% GRATUITO!