05/10/2019 às 22h04min - Atualizada em 05/10/2019 às 22h04min

Em liberdade! Justiça do Amazonas concede habeas corpus para Alejandro Valeiko

Defesa alegou que Alejandro tem problemas mentais e não pode responder por seus atos.

Redação M2 News
Mário Marinho
Alejandro Valeiko conseguiu Habeas Corpus, concedido pela desembargadora Joana Meirelles. Ele é suspeito de envolvimento na morte de Flávio Rodrigues, morto dia 29 de Setembro, em Manaus. Foto: Arquivo/M2 News

 

A desembargadora Joana Meirelles concedeu na noite desse sábado (05/10) habeas corpus preventivo para Alejandro Molina Valeiko, filho da primeira-dama de Manaus, Elisabeth Valeiko. Alejandro cumprirá prisão domiciliar. 

Os  advogados  Marco Aurélio Choy e Yuri Dantas alegaram que Alejandro apresenta surtos psicóticos, entre outras patologias da mente humana, e apresentaram pedido de habeas corpus alegando incapacidade mental, levando em consideração que o enteado do prefeito possui graves problemas mentais. A desembargadora aceitou o pedido.


Alejando Valeiko é o único dos seis suspeitos de envolvimento na morte do engenheiro da Ambev, Flávio Rodrigues, 42 anos, morto no úlimo domingo (29/09).  Flávio estava no residencial Passaredo, no Tarumã, na casa de Alejandro. A polícia suspeita que ele tenha sido assassinado no local e o corpo levado para fora do condomínio por seguranças ligados ao prefeito de Manaus. O trabalho da polícia continua, independente de Alejandro estar, agora, em prisão domiciliar.

VEJA TODO O DESENROLAR DO CASO FLÁVIO 
CLIQUE AQUI E ACOMPANHE TODAS AS REPORTAGENS PUBLICADAS

 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Fale com a gente
Portal M2 News
Envie NOTÍCIAS e receba as principais notícias publicadas no Portal M2 News em seu WhatsApp. SERVIÇO 100% GRATUITO!