MENU

02/03/2020 às 20h27min - Atualizada em 02/03/2020 às 20h27min

Juiz decreta prisão temporária de Givancir Oliveira

Redação M2N
Mário Marinho
Givancir Oliveira, presidente do Sindicato dos Rodoviários do Amazonas. Foto: Reprodução
O juiz de direito Carlos Henrique Jardim da Silva, que responde pela 2ª Vara da Comarca de Iranduba (na Região Metropolitana de Manaus), atendendo ao pedido da Polícia Civil do Estado do Amazonas, decretou nessa segunda-feira (02/03) a prisão temporária por um período de 30 dias de Givancir Oliveira, presidente do Sindicato dos Rodoviários do Amazonas.


O Mandado de prisão temporária se deu com o objetivo de apurar a autoria do homicídio de Bruno Guimarães, 24 anos, ocorrido no quilômetro 6 da rodovia Carlos Braga, em Iranduba, na noite de 29 de fevereiro (sábado). Givancir foi acusado pelo primo da vítima, de ser o autor do ataque à tiros contra a dupla que foi até à casa do sindicalista para cobrar uma dívida trabalhista. Oliveira foi até à Delegacia de Iranduba cobrar prestar depoimento e deve permanecer preso no local. Ainda não se sabe se ele será transferido para uma cadeia de Manaus.


 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Receba nossas notícias em seu WhatsApp
Portal M2 News
Envie NOTÍCIAS e receba as principais notícias publicadas no Portal M2 News em seu WhatsApp. SERVIÇO 100% GRATUITO!